Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
GEOEDUCAÇÃO  (13-06-2018)
GEOCHARGES  (13-06-2018)
GUSTAVO - 1 ANO "A"  (29-05-2018)




ONLINE
1





Partilhe esta Página

 

 

 

 

 

 

 Logomarca Bonito HI Hostel - Albergue da Juventude

  

     

 

 

 

 

 

 

 

   

PENSAMENTOS GEOGRÁFICOS do PIBIDIANO DE GEOGRAFIA JÚNIOR CESAR 

 

"Pra você que faz cara feia quando eu digo que faço GEOGRAFIA ou solta um "Hum, que legal" extremamente irônico...

Só tenho a dizer que a amplicidade dessa ciência me torna a cada dia uma pessoa melhor e aumenta ainda mais o meu amor pelas diversas Geografias que rodeiam a todos. ...   Minha graduação me permite ousar a te falar um pouco sobre o universo ou da formação da Terra. Posso te explanar sobre a dicotomia do urbano X rural ou te fazer me odiar falando de política.   Posso ainda demonstrar como a dispersão dos biomas estão intimamente ligados à composição do solo, ao clima e dentre outros fatores.   Posso te ensinar a diferença de clima e tempo e te fazer perceber o quanto é engraçado quando você diz "Como está o clima hoje?" e te aborrecer falando de economia ou dos males do capitalismo.   Posso mostrar rochas, minerais e o dinamismo das formas e estruturas do relevo.   Posso ainda, descobrir contigo outras cidades, estados, países e continentes, e outros planetas também!   Conto histórias também, do PR, do Brasil e do mundo e quebro a cabeça com problemas matemáticos da nossa amiga Cartografia.   Questiono os problemas da educação geográfica e modifico meu modo de ensinar, para despertar a busca sagaz em aprender Geografia.   São tantas ciências que a Geografia engloba, que posso ter me esquecido de algo que está ao meu domínio. Mas é isso, não existe uma ciência melhor do que a outra, mas se existisse, a Geografia seria uma forte candidata!   A Geografia mexeu comigo e me fez amá-la incondicionalmente.   Enfim, a Geografia é uma mãe que te acolhe e te faz refletir, questionar e propor soluções para o mundo. Ela está em toda parte, até mesmo dentro de você."

 

 

 

 

 

 

 


GEOVESTIBULAR/ENEM/PSS
GEOVESTIBULAR/ENEM/PSS

 

  

Blog de rafaelababy : ✿¨t¡î¨rƸ̵̡Ӝ̵̨̄ƷTudo para orkut e msn, Barrinhas divisorias

 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

 

 

Blog de rafaelababy : ✿¨t¡î¨rƸ̵̡Ӝ̵̨̄ƷTudo para orkut e msn, Barrinhas divisorias

  

DICAS PARA UM VESTIBULAR TRANQUILO NESTE ANO.

 

CARTOLA - AGÊNCIA DE CONTEÚDO
Especial para Terra

 

          Ter 17 ou 18 anos já é difícil por si só. Dúvidas em relação ao seu espaço no mundo e se preocupar um bocado com o seu grupo social são algum dos problemas que o adolescente passa. Porém, o Ensino Médio chega ao fim e um vilão muito mais terrível assombra a cabeça desse pessoal: o vestibular.

          Para enfrentá-lo, a psicóloga Juliana Batista, do Hospital do Coração, em São Paulo, afirma que a palavra-chave é planejamento, além de um bom reforço emocional. "O jovem muito cedo tem que tomar uma decisão que não é muito fácil: decidir o que fazer pelo resto da sua vida", diz. A sociedade cobra do estudante que ele faça a sua escolha logo, a família terá os seus anseios em relação à decisão, e ele terá que lidar com os seus próprios limites para aguentar tudo isso. Juliana dá dicas de como planejar o ano de 2011 quando o vestibular está à espreita:

 

1. Comece descartando algumas dúvidas. É isso que eu quero? Por que eu quero fazer esse curso? Não é uma vontade dos meus pais ou simplesmente um desejo de ganhar dinheiro? A psicóloga conta que é importante pensar no lado prático da vida, mas que escolher uma profissão apenas a partir da sua futura rentabilidade pode, emocionalmente, sair caro mais adiante.

 

2. Mantenha o foco. A fase dos 17, 18 anos, é uma fase de grupo, de balada, de querer estar com pessoas que não fazem parte do núcleo familiar. Porém, quando se trata de vestibular, é diferente. "Como diz aquela música do Charlie Brown Jr., 'cada escolha, uma renúncia, essa é a vida', o que tem tudo a ver com essa época", compara Juliana. O vestibulando vai ter que entender que esse é um período de dormir mais cedo, sair menos. "Mas no momento em que ele entende que isso é apenas um período, as renúncias ficam mais fáceis", afirma.

 

3. Não exagere na dose. Sim, o aluno deverá abdicar de muitas coisas, mas não de tudo e não sempre. "Já está mais que comprovado por especialistas em educação que só estudar não é um bom método", aconselha. "É fundamental que se tenha momentos de lazer e que se respeite os próprios limites".

 

4. Estabeleça metas a curto prazo. Saber que daqui quase 12 meses, o vestibulando terá que enfrentar um grande exame não ajuda muito na hora de estudar. Então se organize em prazos menores, semanais ou mensais. E confie mais em você mesmo, já que a quantidade de conteúdo é enorme. ¿Não é que ele não pode estudar todos os assuntos possíveis de cair no vestibular, é que ninguém pode. É humanamente impossível. Então, às vezes o estudante já domina um tema, mas pela insegurança de dar branco na hora da prova, estuda aquilo de novo. Priorize as suas dificuldades.

 

5. Saiba que o vestibular não depende só de você. "O aluno estará na mão de todos os seus concorrentes", já que o desempenho deles influencia diretamente na concorrência das vagas. "As metas que planejamos na vida também estão sujeitas a questões externas. Porém, é importante olhar pra a futura profissão, sonhar com aquilo e não desistir. Não passar de primeira na prova, desanima. Entretanto, isso não significa que não vai dar certo na segunda", afirma a especialista.

 

voltar

Fonte: Terra Educação.

 

 

Blog de rafaelababy : ✿¨t¡î¨rƸ̵̡Ӝ̵̨̄ƷTudo para orkut e msn, Barrinhas divisorias

 

ACESSE O LINK ABAIXO E ESTUDE PARA O VESTIBULAR! 

 

 

http://vestibular.uol.com.br/cursinho/ 

 

 

Blog de rafaelababy : ✿¨t¡î¨rƸ̵̡Ӝ̵̨̄ƷTudo para orkut e msn, Barrinhas divisorias